blackfriday

Cuidado para não se endividar no Black Friday.

Comprar em promoção ou liquidação é algo tentador, principalmente para quem não tem muito controle sobre as finanças da casa. Estamos em novembro e falta pouco para que uma grande promoção aconteça no Brasil e em diversos países, a Black Friday, que tem início na madrugada da última sexta-feira de novembro, com descontos em muitas lojas físicas e online.

Comprar adequadamente e com bons descontos, são alguns dos principais segredos da educação financeira. No entanto, se você está a fim de aproveitar melhor a promoção deste final de ano e não se endividar, mantendo o autocontrole das suas finanças, nós, da Mega Consultas, pensamos em separar algumas dicas e orientações de como não se endividar nas compras da Black Friday. Por isso, fique atento:

1 – Faça planejamentos

Comprar por impulso não é indicado por especialistas, pois você pode ultrapassar seu orçamento e comprometer sua renda mensal. Além disso, você pode estar comprando coisas e objetos desnecessários e esquecendo-se dos que eram úteis e necessários para seu dia a dia.

2 – Não fazer novas dívidas se o orçamento estiver apertado

Caso você já tenha contas e para fazer novas na Black Friday, pensando em aproveitar os descontos, não é uma boa ideia, já que para isso você terá que se endividar e atrapalhar seu orçamento.

3 – Antes de efetuar a comprar, analise se a nova aquisição não lhe trará mais despesas

Ao comprar determinados produtos, junto você assume a prestação diários, mensal, semanal ou mesmo anual, com certas taxas, como em caso de se comprar um automóvel, com ele vem as taxas de IPVA, DPVAT, Seguro, entre outras taxas a serem pagas e a manutenção para uso do mesmo. Por isso, é importante antes de fechar a compra, saber se a compra não trará custos extras para a família ou para a pessoa posteriormente.

4 – Faça pesquisa

Se antecipar a tão esperada Black Friday é uma ótima ideia. Pois, você pode já traçar uma meta do que deseja comprar, quanto pretende gastar e buscar saber os valores em várias lojas, antes do grande dia chegar. Desta maneira, você saberá no dia da liquidação se o valor está mesmo dentro da promoção ou se a loja está só te enganando nos descontos.

5 – Não gaste mais do que possa gastar

Antes de sair enlouquecido com as promoções disponíveis, tenha em mãos seu orçamento e saiba o quanto pode ser realmente gasto na Black Friday. Além disso, não compre presentes caros se para isso precisar se endividar. Pois, se fizer mais dívidas que seu orçamento aceita, ficará difícil pagá-la se facilmente de entrar para a lista de inadimplentes do SPC e SERASA.

6 – Negocie antes de efetuar a compra

Negociar sempre antes de bater o martelo e finalizar a compra é a dica que todo educador financeiro passa a diante. Por tanto, se estiver realmente interessado no produto, tente negociar o valor a ser pago e o desconto que terá sobre este. Na maioria dos casos, existem folgas para abaixar o preço.

7 – Saiba o valor que será gasto com as compras num todo

Antes de sair comprando presentes para a família toda a fim de aproveitar os super descontos da Black Friday e começar o ano novo cheio de contas, faça cálculos em casa e tenha certeza de um valor total a ser gasto com as compras de final de ano, que poderá fazer sem comprometer seu orçamento. Não se deixe levar por promoções.

Em suma, comprar sempre é gostoso, mas, honrar as dívidas é melhor ainda. Por isso, antes de fazer novas dívidas, lembre-se que você já tem um orçamento de gastos mensais e que nem sempre é útil aproveitar uma promoção. Pois, ao comprar para ganhar descontos sem planejamento antes, pode comprometer sua renda e seu nome ser incluído na lista de inadimplentes do SPC e do SERASA. Além disso, antes de sair para as compras da Black Friday, consulte seu nome nos órgãos de proteção ao crédito acessando www.megaconsultas.com.br